SOMATTOS RESTAURA MÓVEIS TOMBADOS EM BH

SOMATTOS RESTAURA IMÓVEIS TOMBADOS EM BH

Ao passar pela esquina da Avenida Brasil com a Rua Padre Marinho, no bairro Santa Efigênia, é notável a lona em tons marrons cobrindo alguns imóveis tombados pela Diretoria de Patrimônio Cultural de BH (DIPC). Fruto da parceria entre as construtoras Somattos e Patrimar, um conjunto comercial composto por três prédios (com quatro lojas e cinco salas) está sendo restaurado nessa região superprivilegiada da cidade.

O comércio do conjunto, um dos mais tradicionais do entorno, funcionou ali durante décadas. Entre eles estão o Rei das Baterias – que atuou no endereço durante 40 anos (hoje localizado na Padre Marinho, como Geraldo Baterias) –, a sapataria Selma Calçados e até o ateliê de um alfaiate do bairro. Além deles, a redondeza era famosa por outros pontos reconhecidos, como o Bar e Restaurante Palmeiras.

REPAROS INTERNOS E EXTERNOS

Os empreendimentos, originários dos anos de 1940, têm previsão de estarem reformados por completo em meados de dezembro de 2019, junto com a finalização das obras do Home Residence, edifício em construção, sendo também uma parceria entre a Somattos e a Patrimar. O Home ocupa um terreno de mais de 2.200 m2 e terá 108 unidades.

Tem mais: além da restauração, um largo para passagem de pedestres está sendo construído, que contará com projeto paisagístico desenvolvido exclusivamente para promover a harmonia com a paisagem local. E se você está se perguntando se os imóveis comerciais estarão disponíveis para locação e venda, a resposta é: sim!

Para Humberto, diretor comercial da Somattos, restaurar o conjunto como uma contrapartida à construção do Home Residence é uma oportunidade perfeita para colaborar diretamente com o resgate da história de BH. Em entrevista para o jornal Avenida Brasil, ele contou que “Hoje, não temos o privilégio de ver os bondes e outros recursos urbanísticos que marcaram aquela época, mas teremos uma noção de como foi o bairro, que, atualmente, é um dos maiores e mais diversificados da capital.”

A gente já está bem ansioso para ver o resultado tanto do Home Residence quanto da restauração dos imóveis tombados. E você, o que achou dessa ação?

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *