Horta em apartamento: 20 coisas que você precisa saber

Com tantos benefícios que as atuais construções oferecem, como espaço, lazer, segurança e área privativa, entre outros, apartamentos se assemelham a uma casa em relação ao que elas oferecem. Por isso, montar uma horta em apartamento, ou mesmo um pequeno jardim é possível e tem tudo para deixar o espaço mais agradável!

Levar um pouco de verde para dentro do nosso lar só traz vantagens: além de mais frescor para o ambiente, beleza e ar puro, você poderá ter o prazer de consumir seus próprios temperos e hortaliças, fresquinhos e sem agrotóxicos. Ou seja, é mais praticidade, economia e até saúde para sua vida.

Quer descobrir quais coisas você precisa saber a respeito de ter uma horta em apartamento?

Então, continue lendo!

 

Praticidade e sustentabilidade

 

  1. Manter uma horta em apartamento significa diminuir a quantidade de lixo produzido, uma vez que não precisaremos jogar fora embalagens das verduras e legumes que vêm do mercado.
  2. Além disso, você vai comer o que plantar. Totalmente dentro do conceito de sustentabilidade, não?

 

Onde plantar

 

  1. Sua horta pode ser colocada em qualquer lugar do apartamento. Use a criatividade! Encare com outros olhos suas prateleiras, janelas, a sacada e até a parede da sua varanda, por exemplo.
  2. Mas atenção: o ideal para a horta é um local com incidência de luz solar direta de 4 a 6 horas por dia.
  3. Se escolher a janela, certifique-se de que ela é a mais ensolarada da casa. Posicione os temperos nela ou perto dela, de forma que sejam atingidos pelos raios de sol.
  4. Cuidado com o vento: em excesso, ele pode prejudicar a horta.
  5. Prefira instalar sua horta em um lugar pelo qual você passe todos os dias e veja sempre o cultivo, o que te ajudará na lembrança da manutenção e hidratação rotineiras.

 

Qual recipiente usar

 

  1. Assim como o local para instalar a sua horta, os recipientes usados dependem também da sua criatividade e do que você deseja em relação à decoração do seu apartamento. É possível plantar em vasos tradicionais, assim como em latas, potes reaproveitados, caixas de madeira, baldes plásticos, caixas de isopor e até gavetas, que você pode transformar em canteiros.
  2. Porém, independente do recipiente escolhido, é fundamental que ele tenha um furo no fundo para a água escorrer e não apodrecer a raiz da planta.

 

O que plantar na horta em apartamento

 

  1. Para pequenas áreas, temperos e ervas aromáticas caem muito bem. Experimente começar com manjericão, cebolinha, salsinha, alecrim, salsinha, hortelã e orégano. Exigem pouco espaço, cuidados mais básicos e auxiliam você no cozimento de molhos e perfume dos pratos.
  2. Como dissemos, há ótimas vantagens em comer o que plantamos. Portanto, leve em consideração o item anterior, mas plante somente verdurinhas e ervas que você e sua família consomem; de que adianta ter cebolinha na sua horta, por exemplo, se ninguém vai comer?

 

Cuidados com a horta

 

  1. Sempre cubra o solo com matéria orgânica: palha, folhas secas, restos de poda ou humus de minhoca. Solo exposto perde a umidade!
  2. Regue suas plantas todos os dias. Só tome cuidado para não exagerar nas doses de água, ok?
  3. As pragas mais encontradas em hortas são pulgões, lagartas e lesmas. Para combatê-las, principalmente em sua fase larval, o óleo de Neem (ou Nim) é bastante indicado como inseticida natural.
  4. Ah, mas suas próprias plantações podem servir de repelente para pragas! Olha só:
  5. O alecrim mantém afastado da sua horta a borboleta da couve.
  6. Companheira do alecrim, a sálvia repele vários insetos, como a traça do repolho.
  7. O cheiro forte do coentro ajuda no controle de pulgões e ácaros.
  8. Já o cheiro característico do manjericão, além de agradável, ajuda a repelir mosquitos e moscas.

 

BÔNUS: dicas de como plantar algumas ervas e frutos

 

  1. Como as ervas são as plantas comestíveis mais fáceis de crescer em apartamentos, saiba que a maioria delas não requer muito esforço: bastam um lugar com sol na janela (do jeito que falamos anteriormente) e água.

Já os tomates podem crescer tanto no jardim quanto em vasos. Para isso, considera-se fundamental que eles fiquem expostos à luz 12 horas por dia.

Se quiser cultivar uma fruta na sua hortinha, o abacate é uma escolha prática. Isso porque, para plantá-lo, basta ter um outro abacate! É fácil: depois de tirar o seu caroço e lavar bem, deixe-o suspenso dentro de um copo de água com a ajuda de alguns palitos. Em seguida, coloque em um lugar quente e verifique regularmente se há água o bastante.

A “mágica” acontece após algumas semanas, quando uma árvore começará a nascer. Nesse estágio, coloque a semente em um vaso e deixe em um lugar ensolarado. Aí, é só ter sempre em mente o item 13 deste texto.

 

Pronto para colocar em prática todas as nossas dicas e montar a sua própria horta agora? Estamos na torcida! Não deixe de nos contar a sua experiência. 😉

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *