Atividades para idosos em BH: 5 lugares imperdíveis na capital

Atividades para idosos em BH: 5 lugares imperdíveis na capital

Belo Horizonte é uma cidade rica culturalmente. Sempre há opções de diversão para todos os perfis e idades. Claro que também não faltam atividades para idosos em BH. Afinal, segundo dados, a capital mineira está entre as 20 melhores cidades do Brasil para se envelhecer.

Confira nossas 5 dicas de museus, bares, restaurantes e livrarias que fazem parte de um roteiro perfeito pela capital mineira para quem já se aposentou e agora quer curtir a vida.

1. Centro Cultural Banco do Brasil

Com exposições temporárias gratuitas e uma programação teatral que vale a pena ficar de olho, o CCBB BH é uma joia em uma das áreas mais charmosas da cidade. Em meio ao Circuito Praça da Liberdade, sempre vale a pena uma visita.

Confira aqui a programação.

Onde fica: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários.

2. Café com Letras

Ainda no prédio do CCBB, vale a pena um almoço ao ar livre com os amigos ou um jantar mais intimista no Café com Letras. A unidade dentro do museu oferece um menu variado que agrada aos paladares mais exigentes. Nossa indicação é a panturrilha de porco assada com molho de jabuticaba. Não deixe de provar o Dry Martini da casa.

Às quartas-feiras, o Café com Letras tem noites de jazz. É imperdível!

Onde fica: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários (é possível o acesso pela entrada lateral na Avenida Brasil).

3. Taberna Baltazar

O Taberna Baltazar, também chamado de Balta pelos íntimos, é um pedaço de Portugal dentro do bairro Serra. O gastrobar é uma opção para quem quer relaxar com boa comida e uma excelente carta de bebidas com vinhos portugueses imperdíveis.

Visite a casa em um sábado à tarde. Relaxe em uma das mesas e aproveite o clima de uma “casa portuguesa com certeza”.

Onde fica: Rua Oriente, 571 – Serra.

4. Quixote Livraria

Nossas dicas de atividades para idosos em BH não seria completa sem uma passadinha na Quixote Livraria. Resgate aquele prazer de sentar-se no estabelecimento que também é um café e apreciar um bom livro. Pelas prateleiras você certamente encontrará um título que vale a pena levar para casa.

Onde fica: Rua Fernandes Tourinho, 274 – Savassi.

5. Hola que tal?

Saindo do eixo zona sul, a Hola que tal é uma pequena parilla uruguaia na principal rua do Prado. O proprietário José Recoba é um antigo funcionário do Mercado del Puerto de Montevidéu e é presença constante na churrasqueira da casa. As porções são fartas e o atendimento é com a típica simpatia do nosso país vizinho.

Não saia de lá sem provar a provoleta.

Onde fica: Av. Francisco Sá, 268 – Prado.

Após fazer o nosso roteiro, não deixe de conferir o nosso post com os 4 melhores bairros para idosos morarem em BH.

Você tem mais dicas de lugares para se visitar em Belo Horizonte? Tem sugestões para o nosso roteiro? Deixe aqui nos comentários.

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *